O desejo de Deus

Postado: domingo, 31 de janeiro de 2010 | Por : Rivaldo Rodrigues | Em:

0

A cada instante, somos surpreendidos com novas notícias a respeito do desenvolvimento da humanidade. A capacidade de criar e dominar é incrível. O recurso da tecnologia e a facilidade de manipulá-la fazem do ser humano um ser criador. Assim tem sido a evolução da humanidade. Dominação, extermínio, autocontemplação, poder, glória, são características que invadem o dia-a-dia da sociedade global.

Tanta evolução, tanta tecnologia, tanto conhecimento adquirido ao longo do curso da história humana parece não fazer sentido. Em poucos momentos da história, pode-se perceber tanto o crescimento da maldade no ser humano como nos dias em que vivemos. Será que a humanidade está inclinada a produzir o mal?

O que desencadeia a maldade nas pessoas? No texto bíblico de Jeremias 7, 16:28, há alguns indicativos para a nossa pergunta. Ela tem inicio quando o desejo de Deus é deixado de lado. A criatura, o ser humano, deseja tomar o lugar do Criador, que é unicamente Deus. Quando ele é deslocado de Criador para criatura , invertem-se os papéis, e a vontade humana é que ele deixe de ser o seu Senhor.

O desejo de Deus é apenas ser o Senhor do seu povo. E nós, queremos ser o seu povo? Estamos deixando Deus ser Deus por sua própria vontade? A quem estamos oferecendo as nossas dádivas e celebrando culto? Como diz o salmista: "É melhor confiar no Senhor do que depender de seres humanos."

Dilceu L. Witzke

0 comentários to O desejo de Deus